close
Imagem de setembro 2020

Gilmar Santos (PT) assina carta de apoio à agroecologia e reafirma compromisso com o segmento

“Ao assinar a carta, o parlamentar se compromete com as propostas apresentadas no documento e reafirma seu comprometimento para com os movimentos e organizações agroecológicas de Petrolina”

Imagem de setembro 2020
Imagem de setembro deste ano (2020)

O vereador professor Gilmar Santos (PT) assinou, nesta quinta-feira (12), uma carta das organizações e redes que compõem a Articulação do Semiárido da Bahia (ASA- BA) e a Articulação de Agroecologia na Bahia (AABA). Destinada aos/às candidates às eleições 2020 de diversos municípios e estados, a carta tem como objetivo garantir o compromisso dos mesmos/as com as proposições apresentadas no documento e com a inserção de tais preceitos de defesa da promoção da agricultura familiar camponesa, da agroecologia e da convivência com o semiárido em seus projetos políticos. 

O Brasil tem enfrentado uma grave crise econômica, política, sanitária, social, cultural e ambiental, que aprofundada pela pandemia do coronavírus e pelos desmontes das políticas públicas federais têm elevado os índices de pessoas desempregadas e, consequentemente, em situação de extrema pobreza e fome. 

Em resposta a essa situação, a carta versa que os “Governos municipais podem e devem implementar medidas para incentivar a produção e a comercialização de alimentos sem agrotóxicos e livres de transgênicos, promover o direito humano à alimentação adequada e saudável e apoiar a produção diversificada de alimentos nas suas áreas rurais e urbanas, garantindo a segurança alimentar e nutricional, democratizando o acesso a alimentos de qualidade e gerando oportunidades de trabalho e renda […] A agricultura familiar, assentamentos de reforma agrária, comunidades tradicionais e povos indígenas podem dar respostas imediatas ao desafio de abastecer a população com alimentação saudável a preços justos”. 

Gilmar, que desde o início de seu mandato tem assumido compromisso com a os movimentos agroecológicos de Petrolina, é autor da lei Nº 2.986/17 que institui a Semana Municipal da Agricultura Orgânica e Agroecológica no calendário de Petrolina-PE e da Lei Nº 2.913/2017 que obriga os estabelecimentos de educação infantil e ensino fundamental, públicos e privados, a substituir os alimentos não saudáveis por alimentos saudáveis, prioritariamente de origem orgânica ou agroecológica. Ao assinar a carta, o parlamentar se compromete com as propostas apresentadas no documento e reafirma seu comprometimento para com os movimentos e organizações agroecológicas do município. 

Relembre: 

  1. Gilmar Santos leva demanda de produtores orgânicos ao secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário [Veja aqui]
  1. Produção e comercialização de alimentos orgânicos e agroecológicos foram pauta da 5ª Edição do Coletivo na Rua [Veja aqui]
  1. Gilmar Santos realiza reunião para cobrar apoio da Gestão Municipal para realização da II Semana Agroecológica [Veja aqui]
  1. Projeto de Lei organiza e fortalece feiras e estabelecimentos que comercializam produtos orgânicos e agroecológicos em Petrolina-PE [Veja aqui]
Quero ajudar!